Dog and Cat Population Management

Publicado em: 29/09/2022

As pessoas se importam profundamente com cães e gatos. Gerenciar as populações de cães e gatos pode ajudar a reduzir problemas de bem-estar animal e riscos para a saúde pública, com os ônus econômicos associados. No entanto, anos de controle inadequado ou desumano de “animais de rua” podem deixar o público indignado e os governos frustrados pela falta de progresso.

Nesse sentido, é essencial contar com orientações para políticas de gerenciamento de população de cães e gatos. Tais diretrizes podem fornecer um caminho claro e abrangente para lidar com esse desafio. Ao seguir essas orientações, os governos e autoridades podem tomar medidas eficazes e humanas para controlar as populações, proteger o bem-estar dos animais e garantir a segurança pública.

Com uma abordagem baseada em evidências e melhores práticas, as orientações visam estabelecer padrões de cuidado adequados e promover a cooperação entre as partes interessadas, incluindo organizações de proteção animal, profissionais de saúde e a população em geral. Além disso, elas buscam enfatizar a importância da educação e conscientização pública sobre a responsabilidade compartilhada no cuidado desses animais.

Gostou? Compartilhe:

Publicações Relacionadas

...
CRMV-CE convida abrigos de animais a se cadastrarem em 1º mapeamento nacional
...
Enriquecimento Ambiental como Ferramenta de Bem-estar para Abrigos de Cães
...
Plano Nacional de Contingência de Desastres em Massa Envolvendo Animal
...
Entenda mais sobre a iniciativa “Medicina de Abrigo Brasil”