Reduzindo os latidos em um abrigo de animais brasileiro: Uma intervenção prática

Publicado em: 15/11/2023

Descobertas recentes de um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de São Paulo e colaboradores internacionais trazem esperança para o bem-estar de cães em abrigos. O estudo, focado em um abrigo municipal em Pirassununga, São Paulo, Brasil, implementou uma técnica simples, mas eficaz, para reduzir os latidos excessivos dos cães – um problema comum que afeta tanto os animais quanto os humanos nos abrigos.

A intervenção consistiu em reforço positivo, onde os cães recebiam comida após cessarem os latidos. Com 70 cães participando, o estudo observou uma redução significativa tanto na duração quanto na intensidade dos latidos após a implementação da técnica. Interessantemente, a eficácia da intervenção aumentou ao longo do tempo, necessitando de menos de três minutos para ser efetiva na fase final.

Este método, denominado Protocolo de Redução de Latidos (BRP), demonstrou ser uma estratégia de baixo esforço e alta eficácia, oferecendo uma ferramenta valiosa para melhorar a qualidade de vida dos cães em abrigos. Além de reduzir o estresse dos animais, essa técnica pode ajudar a melhorar a interação dos cães com potenciais adotantes, aumentando suas chances de encontrar um lar permanente.

Este estudo não só destaca a importância do bem-estar animal em abrigos, mas também oferece uma solução prática e eficiente para um desafio comum enfrentado por cuidadores e animais. É um passo significativo para melhorar a vida dos cães em abrigos enquanto aguardam adoção.

Gostou? Compartilhe:

Publicações Relacionadas

...
Enriquecimento Ambiental como Ferramenta de Bem-estar para Abrigos de Cães
...
Plano Nacional de Contingência de Desastres em Massa Envolvendo Animal
...
Entenda mais sobre a iniciativa “Medicina de Abrigo Brasil”
...
Reflexoes e planejamento para implementação de abrigos